terça-feira, 30 de setembro de 2014

S E T A



Eu não tenho a astúcia de Ulisses

Nem os encantos de Circe

Também não tenho a alma que liga em cima

Nem a garra que prende embaixo:

amarro o tronco à raiz

E se o meu calcanhar em apuro

rasga o osso frágil de Aquiles - ainda assim –

atravesso o muro




Ana Barros
Natal, 05 de setembro de 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário